WWE está sendo acusada de subornar irmão de ex-funcionário que suicidou-se por suposto abuso

O escândalo de Ring Boy de 1992 da WWE veio à tona recentemente. Tom Cole, que tinha 14 anos na época do suposto abuso, suicidou-se recentemente.

Foi relatado anteriormente que a depressão de Tom Cole foi agravada devido à forma como Pat Patterson foi "celebrizado" após sua morte. Patterson não foi acusado de nenhum ato contra Cole, mas foi alegado que ele sabia do abuso e permitiu que acontecesse.

Durante a Wrestling Observer Radio, Dave Meltzer discutiu as alegações de Lee Cole, irmão de Tom Cole, sobre esta situação. Ele disse que a WWE lhe pagou quase $ 20.000, anos atrás para que ele se mudasse e parasse de falar com a imprensa sobre a situação de seu irmão.

“Lee era consistentemente contra [a WWE], embora eles pagassem $ 19.999 a Lee em um ponto para basicamente calar a boca e se mover, pelo menos é assim que ele descreveu. Eles lhe deram dinheiro porque ele estava morando em Utica e queriam que ele se mudasse de Utica porque a mídia sabia onde ele estava e queriam que ele desaparecesse e não falasse com a mídia; mas ele continuou a falar com a mídia depois disso, o que os deixou muito chateados depois que lhe pagaram o dinheiro. Então, esse foi outro aspecto da história."

Lee Cole deixou claro que irá explorar qualquer ação legal que puder contra a WWE após o suicídio de seu irmão.

Nossos pensamentos estão com a família de Tom Cole durante esse período triste. Seu falecimento poderia ter sido evitado e não podemos imaginar a dor que eles devem estar sentindo.
WWE está sendo acusada de subornar irmão de ex-funcionário que suicidou-se por suposto abuso WWE está sendo acusada de subornar irmão de ex-funcionário que suicidou-se por suposto abuso Reviewed by Denilson Martins on fevereiro 15, 2021 Rating: 5