Lutadores que foram acusados não lutaram pela PROGRESS - Blood Wrestling - Aqui o Wrestling é nosso sangue!

Lutadores que foram acusados não lutaram pela PROGRESS

Compartilhar
A PROGRESS, através de seu site oficial, lançou uma nota onde atualiza a situação dos talentos que foram denúnciados através do movimento #SpeakingOut.

De acordo com a lista, David Starr, Travis Banks, Ligero e o arbitro Marc Parry não trabalharão mais na empresa, Jordan Devlin e Scotty Davis serão suspensos por tempo indeterminado e os títulos de duplas em posse dos mesmos ficarão vagos.

A empresa ainda lançou a seguinte nota, que também pode ser conferida clicando aqui.

“Levamos todas essas alegações muito a sério. Os que estão suspensos terão sua situação revisada periodicamente agora e entre os eventos que estão recomeçando. Continuamos monitorando e ouvindo o movimento Speaking Out, para que possamos tomar as ações apropriadas sempre que necessário”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário