Alexa Bliss conta como teve medo de sua carreira nos ringues ter acabado - Blood Wrestling - Aqui o Wrestling é nosso sangue!

Alexa Bliss conta como teve medo de sua carreira nos ringues ter acabado

Compartilhar
Depois de afastada devido a concussões no final de 2018 e no início de 2019, Alexa Bliss diz que estava preocupada por nunca voltar ao ringue.

Bliss, que não lutou em uma singles por quase sete meses durante esse período, falou sobre sua mentalidade na época durante uma entrevista à BT Sport.

“Por estar na empresa há mais de sete anos e sem sofrer ferimentos, e depois ter esse período em que eram apenas concussões consecutivas, foi muito assustador. Porque eu não sabia se conseguiria voltar ao ringue de novo”, disse ela. “Senti uma vertigem muito ruim por um longo período de tempo. Todos os meus outros sintomas desapareceram, mas se eu mudasse os níveis de altura, ficaria extremamente tonta - continuou Alexa.

Bliss credita à WWE por ser muito cuidadosa com sua recuperação. “Isso realmente me mostrou também que, com concussões, eles levam isso muito a sério. Eu tinha visto um neurologista, um neuropsicólogo, um oftalmologista, um neurocirurgião. Tipo, eu tinha visto todos os tipos de médicos que você pode ver sobre concussões.”

Ela também acena para Vince McMahon. "Vince me chamou e disse: 'Nós vamos conseguir o melhor dos melhores, garantiremos que você esteja bem'", disse ela. Alexa voltou ao ringue na noite seguinte da WrestleMania 35 e, pouco menos de um ano depois na WrestleMania deste ano, ela e Nikki Cross derrotaram Kabuki Warriors para se tornarem duas vezes campeãs femininas de tag.

Nenhum comentário:

Postar um comentário